Oragon Architecture – estratégia para 2016

Quem segue esse blog conhece o Oragon Architecture, sabe pelo menos do que se trata e o que ele faz. Então vou encurtar as apresentações, pois já fiz isso em diversos posts.

De fato as mudanças, no desenvolvimento de software em si, nunca foram tão drásticas e disruptivas. Não há nada de ruim nisso, mas é necessário adaptar-se a novos dilemas, propostas e abordagens. Cheguei a cogitar, o abandono do projeto, por completo, acreditando que pudesse contribuir mais talvez em outro momento, com outras coisas menores, já que tudo o que tenho construído e desenhado baseia-se em algo que tende a não ser mais interessante para mim.

TypeScript + Classic ASP … Why not?

As vezes algumas limitações impostas por clientes, times de arquitetura e empresas atrapalham nossas vidas. Não é fácil, nos dias de hoje, se sentir confortável em desenvolver algo com ASP Clássico. ASP pode ser facilmente considerado o cobol da Web. Com TypeScript você pode usar os recursos de uma linguagem tipada e todos os recursos de uma linguagem extremamente poderosa, no velho ASP Clássico

Nesses muitos anos que passaram e diversos projetos, presenciei todo tipo de limitação: Frameworks antigos, Arquiteturas ultrapassadas, ferramentas ou softwares de apoio defasados, ou insuficientes, ojeriza a open source, enfim, todo o tipo de limitação que você possa imaginar, mas em 2015 ainda se começar projetos em ASP Clássico é demais?! Como a gente come código com farinha, lá em casa, seguimos em frente, dá para fazer coisas boas em qualquer plataforma.